Querem fazer mais 4000 camas na lagoa dos Salgados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Querem fazer mais 4000 camas na lagoa dos Salgados

Mensagem  Haddock em Ter 23 Out 2012 - 9:15




A região tem milhares de camas turísticas vazias. Ambientalistas querem impedir construção de mais um empreendimento.

O quê, vão cometer mais uma loucura? Pergunta Georg Schreier, ao saber que se projecta mais um empreendimento turístico em redor da lagoa dos Salgados, entre Albufeira e Silves. Com milhares de camas turísticas vazias na região, surge agora um plano para construir mais 4 mil. Para travar o investimento anunciado, uma plataforma de seis associações ambientalistas e mais de uma centena de cidadãos reuniu-se ontem, na Praia Grande, para protestar contra a "ameaça" que paira sobre esta zona do litoral algarvio.

Em torno da lagoa está prevista a construção de três unidades hoteleiras, seis aldeamentos e um campo de golfe. O local está referenciado como sítio de nidificação de 45 espécies de aves. Georg Schreier, guia de turismo da natureza, é um dos muitos estrangeiros residentes na região que não se conforma com o abandono a que chegou aquela zona húmida e com o anúncio de novos projectos. "Este é um dos melhores lugares para observação de aves no Algarve - tenho amigos que tiram uma ou duas semanas de férias só para virem para aqui", salientou.

"Este local está em perigo, mais uma vez devido à pressão turístico-imobiliária", afirmou, por seu lado, o presidente da Quercus, Nuno Sequeira. O ambientalista considera que esta é "uma das poucas zonas naturais, com estas características, que existem no litoral algarvio". No entanto, apesar do valor ecológico que lhe é atribuído, o sítio não está integrado em nenhuma Zona de Protecção Especial. Por isso, disse, a Quercus pediu ao Governo para que seja "corrigido este erro", estando agendada para amanhã uma reunião com Instituto de Conservação da Natureza e Florestas para debater o assunto.

A plataforma "Amigos da lagoa dos Salgados" tem uma petição a correr na Internet, já com cerca de 17 mil assinaturas, para que a Assembleia da Republica seja forçada a discutir este assunto. A comunidade de estrangeiros residentes tem estado particularmente activa nesta acção cívica, e algumas Organizações Não Governamentais enquadram o protesto desde o inicio do Verão, quando as aves estavam ameaçadas de morte, porque a água da lagoa estava a ser utilizada na rega de um campo de golfe.

Ao abrigo da Directiva Habitats, disse o dirigente da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, Domingos Leitão, torna-se obrigatório que o local seja protegido, "mas infelizmente não tem acontecido". O projecto previsto abrange uma área de 359 hectares, e está previsto no Plano Director Municipal de Silves desde 1995. Manuel Ramos, ex-vereador da Câmara de Silves, no final do encontro, lançou o alerta. "Quatro mil camas é muita cama", disse, apontando para o empreendimento do grupo Carlos Saraiva, vazio, situado no outro lado da lagoa, e pedindo aospresentes uma "reflexão" sobre o que se desenha para esta zona do litoral algarvio.


Fonte: http://ecosfera.publico.pt

_________________
Portugal Natura
avatar
Haddock

Mensagens : 88
Data de inscrição : 22/03/2012
Idade : 34
Localização : Montijo

Ver perfil do usuário http://ruadamisericordia.blogspot.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum