Campanha internacional reúne fundos para novo Parque dos Burros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Campanha internacional reúne fundos para novo Parque dos Burros

Mensagem  Admin em Ter 13 Nov 2012 - 11:30



Burro velho não aprende línguas, mas pode ensinar muita coisa. Mais do que animal de carga, os asnos chegam a ser terapeutas.

A resistência física que o torna capaz de suportar grandes cargas, mesmo em relevo acidentado, foi determinante para tornar o burro um dos animais mais utilizados pelo homem, no mundo inteiro. A mecanização da agricultura e o desenvolvimento dos transportes levaram a que estes animais tenham perdido a sua utilidade tradicional. Para os proteger, a Associação Burricadas e a Reserva de Burros uniram-se para criar o Parque dos Burros, um projecto que integra as duas associações num espaço perto da Aldeia da Mata Pequena, em Mafra.

De regiões semidesérticas, o asno adaptou-se facilmente ao nosso clima e tornou-se parte da paisagem rural portuguesa. Há cerca de 70 anos existiam em Portugal 270 mil burros. Hoje, os animais não chegam aos dez mil e quando já não conseguem ter força para os trabalhos agrícolas são vendidos para abate. É preciso protegê-los. "O espaço já se encontra em fase de construção, mas precisa de apoios para que possa ser finalizado, uma vez que os efeitos da crise se fizeram também aqui sentir e os apoios têm diminuído, impedindo a angariação de fundos necessários para construir o parque temático", explica Diogo Pimenta, da Associação Burricadas.

Como é mais fácil "puxar a carroça" a dois, as associações uniram-se na campanha Salvemos os Burros a Ajudar as Pessoas, integrada na iniciativa Naturafunding, um projecto de crowdfunding ambiental, que resulta de uma plataforma online de angariação de fundos. A Naturafunding já suportou também uma campanha de protecção ao lobo ibérico, no Centro de Recuperação do Lobo Ibérico de Mafra, na freguesia do Gradil.

A campanha Salvemos os Burros a Ajudar as Pessoas está a angariar donativos até 14 de Dezembro. O objectivo da campanha é atingir cerca de 27 mil euros. Por cada donativo "há uma contrapartida". Por exemplo, se o donativo for de sete euros recebe-se um diploma de agradecimento digital com a impressão do casco de um dos animais e a recepção de noticias regulares sobre o projecto. Com 47 euros tem-se ainda um burro feito artesanalmente em trapos. Se o donativo chegar aos 772 euros acrescenta-se um fim-de-semana no parque e a gravação do nome num mural de co-fundadores.

O novo espaço deverá abrigar 40 burros num refúgio e parque temático. "Estamos juntos nesta campanha e neste projecto, mas iremos, por agora, continuar a funcionar de uma forma independente", esclarece Rute Candeias, bióloga e co-gerente da Reserva dos Burros. A iniciativa serve também a protecção dos "burros reformados" (Associação Burricadas) e as actividades lúdicas e terapêuticas da Reserva dos Burros, onde será praticada a asinoterapia.

Como diz a sabedoria popular: "Antes bom burro, que ruim cavalo". O provérbio antigo destaca o temperamento paciente do animal que, conjugado com a sua fisionomia, de altura acessível, pouco intimidante, torna a asinoterapia indicada para os mais diversos tipos de pacientes e, em particular, nos que se apresentam física ou mentalmente incapacitados, incluindo crianças e idosos.

A asinoterapia usa o burro como co-terapeuta para sessões no tratamento de desordens emocionais, autismo, síndroma de Down, hiperactividade, distrofias musculares, dificuldades de fala, e outras patologias para as quais apresenta benefícios ao nível físico, emocional e mental. O objectivo passa por aumentar os níveis de confiança e de força física, do equilíbrio, da coordenação e da atenção e memória.

Fonte: Ecosfera

_________________
Portugal Natura
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 317
Data de inscrição : 19/03/2012
Idade : 36

Ver perfil do usuário http://portugalnatura.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum