Mais portuguesas a fomentar a melhoria do meio ambiente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mais portuguesas a fomentar a melhoria do meio ambiente

Mensagem  Mandrágora em Qua 30 Jan 2013 - 9:20




Mais portuguesas a fomentar a melhoria do meio ambiente

A nova edição do prémio «Terre de Femmes», da Fundação Yves Rocher, que premeia mulheres que agem a favor do ambiente já está em curso e Marta Pinto, investigadora da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Católica Porto, é uma das três finalistas.

«FUTURO – Projecto das 100 mil árvores na Área Metropolitana do Porto (AMP)» é um dos seleccionados para a grande final, que terá lugar a 7 de Fevereiro, em Lisboa, no Restaurante Monte Claros (Parque Florestal de Monsanto). Trata-se de um projecto que, além de melhorar a qualidade de vida dos habitantes da AMP, fomenta a melhoria do meio ambiente, contribuindo para o bem-estar da sociedade.


Actualmente, e no âmbito deste projecto, foram já plantadas mais de 17 mil árvores nos municípios da Área Metropolitana do Porto. Este processo envolveu 2.750 voluntários, num total de oito mil horas de voluntariado.

Terre des Femmes 2012

Recorde-se que as vencedoras portuguesas do ano passado foram a Elda Sousa, Alexandra Cunha e a Ana André, com o primeiro, segundo e terceiro prémio, respectivamente.

Elda Sousa, sócia e voluntária da Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal, representou Portugal com o trabalho «Viveiro de Plantas Indígenas - Reflorestar para Renascer das Cinzas».

Alexandra Cunha, do Centro de Ciências do Mar (CCMar) da Universidade do Algarve e presidente da Liga para a Protecção da Natureza (LPN), apresentou um projecto intitulado «ADOPTE uma pradaria marinha», que tinha como objectivo alertar para o estado vulnerável destes habitats marinhos e contribuir para melhorar o seu estado de conservação na costa portuguesa.

Ana Sofia André, apresentou o projecto “Viveiro de plantas autóctones”, desenvolvido em colaboração com o Grupo Flamingo – Associação de Defesa do Ambiente, com o objectivo de contribuir para uma multiplicação mais eficiente de algumas plantas autóctones na Mata dos Medos, permitindo ajudar a criar habitats propícios à presença da fauna característica do local, cuja biodiversidade tem vindo a diminuir.

O prémio é organizado em 15 países, incluindo Portugal (pelo quarto ano consecutivo), homenageando as mulheres eco-cidadãs na Europa. Até hoje, este prémio já recompensou mais de 285 mulheres em todo o mundo.

Fonte: Ciência Hoje

_________________
Portugal Natura
avatar
Mandrágora

Mensagens : 327
Data de inscrição : 20/03/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum