Equipa da Católica abre caminho para combater infecção do pinheiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Equipa da Católica abre caminho para combater infecção do pinheiro

Mensagem  Mandrágora em Qua 20 Fev 2013 - 19:04



Equipa da Católica abre caminho para combater infecção do pinheiro

Uma equipa de investigadores da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica Porto sugere uma estratégia de combate ao nemátode da madeira do pinheiro com base na engenharia genética e biologia molecular. O estudo identificou genes de resposta à infecção em pinheiro bravo, espécie muito susceptível à doença, e também os mecanismos moleculares de defesa utilizados pela espécie contra a infestação de nemátode. Os resultados fornecem informação essencial sobre formas de defesa e vêm contribuir para uma melhor compreensão da doença, permitindo delinear estratégias de combate eficientes.

Numa primeira fase, a equipa reconheceu mais de um milhão de sequências e detectou quais os genes de resposta diferencialmente expressos quer no pinheiro bravo quer no manso, este mais resistente ao nemátode. Numa segunda etapa, que acaba de terminar, a ESB conclui que os abetos e os ciprestes – duas espécies de árvores bastante presentes em Portugal – parecem estar a salvo desta praga, uma vez que mostram sinais de resistência ao nemátode da madeira do pinheiro.


A doença do nemátode da madeira do pinheiro, causada pelo Bursaphelenchus xylophilus, tem destruído extensas áreas de pinhal a nível mundial. Até à data “não existiam medidas eficientes para combater a doença, sendo o abate das árvores a única solução possível”, refere a instituição em comunicado.

Em Portugal, o problema tem vindo a agravar-se, com consequências extremamente importantes na área da indústria da madeira que se repercutem, consequentemente, na economia nacional. A este nível, saliente-se que a desvalorização do preço da madeira com sintomas atinge os 50 por cento, enquanto por outro lado os custos de produção aumentam mais de 15 por cento em zonas afectadas.

Fonte: Ciência Hoje

_________________
Portugal Natura

Mandrágora

Mensagens : 327
Data de inscrição : 20/03/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum